21 2273-0041
2273-7546
2293-4829
ID Nextel: 88276*150

manutenção de piscinas

Saiba como fazer a manutenção de piscinas da maneira correta

A piscina é um ótimo local de lazer para se refrescar e relaxar, por isso, em muitos projetos de casas e condomínios ela é um item indispensável. Muitos optam por ter uma piscina em casa, para entrar e se jogar na hora que quiser. Apesar de ser uma ótima aquisição é preciso sempre manter a manutenção e a limpeza de sua piscina para que ela tenha mais durabilidade e você e sua família possam desfrutar por muito tempo dela sem ter problemas. Aqui você irá encontrar dicas essenciais para a manutenção de piscinas.

Em todas as estações do ano, a limpeza da piscina deve ser feita, de modo mais ou menos frequente. Alguns fatores são relevantes para definir o período de manutenção de acordo com a frequência de utilização, tamanho, material e clima. Se a piscina ficar largada e sem cuidado, pode ocasionar o desenvolvimento de algas, bactérias e fungos em seu espaço interno.

Em piscinas de uso coletivo é necessário o uso de cloro moderado, não só para manter a piscina transparente, mas principalmente, a fim de se evitar a transmissão de doenças entre os banhistas. O uso de filtros também é recomendado para fazer a remoção da sujeira depositada nas piscinas.

Como realizar a manutenção de piscinas

Existem diversas maneiras para fazer a manutenção de piscinas. Separamos algumas dicas para que você possa fazer a manutenção correta de sua piscina para deixar essa área de lazer mais segura e bem cuidada.

Cloro na água:

O cloro ajuda a manter a piscina com a água limpa e transparente e, livre de micro-organismos. O ideal é diluir 20 gramas de cloro para cada 15 metros cúbicos de água, a cada cinco dias.

Limpeza do pré-filtro:

Muitos não dão muita atenção, mas é essencial fazer a limpeza do pré-filtro da bomba e o skimmer. Quando você limpa esses equipamentos isso contribui para que haja uma boa circulação da água e um bom funcionamento do sistema de filtração, além de aumentar a durabilidade do cloro da piscina.

Verificar o nível de PH e bicarbonato da água:

Faça a análise do pH da água com a fita teste HTH, se estiver fora da faixa 7,2 a 7,8, ajuste para até chegar a medida usando o HTH elevador de pH para aumentá-lo e o HTH redutor de pH para diminuir. Verifique também a alcalinidade (quantidade de bicarbonatos na água) com a fita teste HTH; o ideal é ficar na faixa de 80 a 100 ppm (partes por milhão).

Remova as folhas e outras sujeiras:

Use um cata folhas para retiras folhas que possam cair sobre a água, essas impurezas podem prejudicar a durabilidade do cloro.

Turbidez da piscina:

Se a piscina estiver com aspecto turvo você deve verificar a necessidade de oxidação e a necessidade de filtração. O que causa a turbidez da água é a presença de partículas em suspensão. Você pode eliminá-las, com produtos específicos, que ajudam a retirar as sujeiras com mais facilidade.

Hibernar a piscina:

Se ficar por um longo período sem usar a piscina coloque em modo de hibernação. Retire as sujeiras que possam estar na água, depois faça a escovação da piscina e aplique algicida de choque. Desligue todos os equipamentos da piscina, tais como: motobombas, aquecedores da piscina, temporizadores e aspiradores de limpeza e diminua o nível da água da piscina. Para finalizar coloque a capa da piscina.

A manutenção da piscina deve ser realizada durante todo o ano, mesmo que esteja em uso ou não. Inclusive no inverno, os cuidados devem ser considerados em todas as estações do ano.

Contrate uma empresa especializada para a manutenção de piscinas

A Faria Bombas tem serviços especiais para quem precisa realizar a manutenção de piscinas. Conte com uma equipe especializada e treinada para realizar este serviço seja em espaços coletivos ou privados.

Confira aqui e solicite um orçamento sem compromisso!

POSTS RELACIONADOS