21 2273-0041
2273-7546
2293-4829
96422-0770
ID Nextel: 88276*150

Visite nosso Facebook:

Beber água é uma garantia de que nosso corpo ficará bem hidratado e saudável.

Beber água diariamente é uma importante e muitos nutricionistas defendem com unhas e dentes a importância de beber água. Mesmo com todos os benefícios que a água pode trazer para o organismo ainda sim, segundo Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% dos casos de doenças no mundo é resultado da ingestão de água contaminada, com mais de 25 tipos de enfermidades.

Mesmo com o avanço no sistema de tratamento de água e como ela chega na casa das pessoas, ainda há casos de tubulações velhas que podem acumular sujeira e elementos penosos para a saúde das pessoas, segundo Patrícia Uebe Mansur, sócia diretora da Cibus Consultoria Alimentar e Ambiental e médica veterinária sanitarista:

“Diante deste quadro, os filtros são uma opção acessível e segura para obtenção de água potável, ou seja, apta a ser consumida sem causar danos à saúde e, por consequência, bem-estar para toda a família”

 

A seguir você vai ver 5 tipos de filtros que a Patricia separou e que podem ser úteis no combate as intoxicações através da água:

 

1 – Filtro de Barro

 

Os filtros de barro são em sua grande maioria de barro ou de cerâmica, funciona com a gravidade, passando de um recipiente para outro. “Seu elemento filtrante é uma vela de cerâmica com carvão ativado e nitrato de prata que retém até 99% das impurezas”. Diz a profissional. Outro ponto vantajoso no filtro de barro é o preço acessível. A desvantagem desse filtro é que algumas bactérias ele não consegue eliminar. “É muito importante verificar os aparelhos toda semana. Muitas pessoas costumam lavar as velas com açúcar ou sal, mas isso é errado. O certo é trocá-la sempre que estiver suja para que ela não contamine a água”. Destaca Patricia.

 

2 – Purificador

 

Esses aparelhos funcionam acoplados à torneira ou ao encanamento, geralmente tem uma bomba para melhorar a pressão da água e assim, combinada aos elementos filtrantes consegue fazer um bom trabalho de purificação da água. “Têm longa durabilidade e retiram da água o excesso de cloro. Alguns mais modernos ainda eliminam bactérias”. A desvantagem desse filtro, segundo Patrícia, é o valor, que pode atingir um preço três vezes maior do que um filtro comum. “Quem tem a casa abastecida por poços artesianos deve apostar nos purificadores – isso porque não há um controle prévio da água. Vale, ainda, investir no aparelho se notar um cheiro forte de cloro no líquido que recebe em casa”, explica Patrícia.

 

3 – Ozonizador

Esses filtros, explica Patricia, filtram a água usando oxigênio e segundo ela é uma forma muito eficiente de purificar a água. Mas é necessário que se tenha um tempo de contato: deixar o gás borbulhando por cerca de 10 a 15 minutos.

“A passagem da água nos ozonizadores é muito rápida, por isso pode-se dizer que eles falham no tempo de exposição”.

 

4 – Filtro de pressão/torneira

 

Esse tipo de filtro é o mais simples de ser instalado, pode ser aplicado direto na parede ou na torneira. Tem um dos preços mais acessíveis do mercado e, segundo Patricia, a purificação acontece de maneira natural. “Quando se abre o registro, a pressão da água acaba empurrando as sujidades para a frente, que, eventualmente, acabam passando e contaminando a água”. Acrescenta.

 

5 – Filtro central

 

O filtro central, segundo Patricia, tem a função de filtrar toda a água da casa, ou seja, aonde quer que a água caia, será filtrada. “Deve ser instalado após o hidrômetro (relógio da água) ou antes da caixa d’água”. Orienta. Entre os benefícios estão: Conservar a caixa d’água limpa, não deixar o chuveiro entupir, proteger as máquinas, entre outros.

Escolher um filtro é muito importante para garantir a saúde, sua e de sua família. Os muitos filtros dão a oportunidade de sempre ter uma água de qualidade. Escolha o que melhor lhe atende e beba água sem medo.

POSTS RELACIONADOS